Monday, October 02, 2006

Camões!

Numa prova de entrada para a Universidade.

Interpretar o seguinte trecho de poema de Camões:


"Amor é fogo que arde sem se ver,
é ferida que dói e não se sente,
é um contentamento descontente,
dor que desatina sem doer".

Uma aluna deu a sua interpretação:

"Ah Camões, se vivesses hoje em dia,
tomarias uns antipiréticos,
uns quantos analgésicos
e Prozac para a depressão.
Comprarias um computador,
consultarias a Internet
e descobririas que essas dores que sentias,
esses calores que te abrasavam,
essas mudanças de humor repentinas,
esses desatinos sem nexo,
não eram feridas de amor,
mas somente falta de sexo!"


Teve nota máxima. Foi a primeira vez, depois de mais de
500 anos, que alguém entendeu qual era a ideia do Camões...

4 comments:

Sofia said...

É sem dúvida uma visão mais moderna da escrita de Camões. lol Coitadinho, na altura o sexo era tabu, então resolveu disfarçar....

ervidel said...

Por algum motivo o desgraçado era cego de um olho.
Não se sofre por aí além dessa forma se estiver tudo em condições. :)

Mia said...

Então?? Nunca mais contam nada?? Como andam esses relatórios??

beijinhosss

Ana Isabel said...

Finalmente alguém que compreendeu p pobre coitado.... imaginem o k é andar por esses mares somente acompanhado por homens sem ver uma unica mulher durante meses!! Das duas uma, ou vira gay (talvez na prática não andasse muito longe) ou arranja maneira de descarregar a sua frustação, neste caso foi no papel. O triste é que foram precisos estes anos todos para alguém perceber isso...

Bjs bqs